Sobre a cmb



A coleção moraes-barbosa se constitui hoje como uma plataforma de fomento e salvaguarda de produções artísticas contemporâneas e históricas, com foco na produção experimental e conceitual em diferentes suportes e mídias. Sua trajetória se inicia em 1999, com o colecionismo centrado na arte brasileira concreta, expandindo-se para a arte contemporânea nacional e internacional, culminando no recorte curatorial da arte conceitual, caracterizada muitas vezes pela imaterialidade e efemeridade.

As atividades da cmb incluem a expansão e manutenção do acervo e do arquivo, a produção de exposições, as residências artísticas (intercâmbio nacional e internacional), o apoio a projetos de pesquisa, o comissionamento de textos, a edição de publicações e as bolsas de pesquisa.

A consolidação dos eixos de interesse da cmb é marcada pela aproximação em 2012 do crítico e curador italiano radicado no Brasil Jacopo Crivelli Visconti, parceria que resultou no adensamento de frentes de pesquisa que passaram a definir os focos da coleção: a arte conceitual, o registro de performance, as publicações independentes, os livros de artista, a poesia visual e sonora, a música e o vídeo experimental.

Também em 2012, a cmb estabeleceu uma parceria com o programa de residências artísticas da Delfina Foundation, em Londres. Desde então, a coleção provê apoio para que anualmente ao menos um artista brasileiro participe do programa da instituição. Simultaneamente, é mantido um programa de residências em São Paulo que recebeu mais de 25 artistas internacionais nos últimos anos.

Em novembro de 2021 a cmb inaugurou seu novo espaço de iniciativas e projetos, localizado no bairro da Consolação em São Paulo. Digitalmente, o Instagram da cmb e o site oferecem conteúdo relacionado aos materiais e projetos em desenvolvimento.






Como pesquisar no arquivo



O arquivo da coleção conta com um volume expressivo de livros, discos, vídeos, revistas, efêmeras e materiais gráficos variados e de diversos períodos. Devido às limitações impostas pela pandemia de covid-19, a visitação presencial tem acontecido de forma reduzida. Em breve traremos novas informações sobre agendamentos.

Para pesquisar no arquivo da coleção entre em contato pelo email
colecaomoraesbarbosa@gmail.com



Equipe



A equipe da cmb é formada por Bruno Baptistelli, Cris Ambrosio, Deyson Gilbert, Erica Ferrari, Frederico Filippi e Pontogor.