Programa de Textos


O programa de textos da cmb é uma iniciativa que oferece o material da coleção para que autoras, autores e artistas desenrolem fios críticos, analíticos, propositivos e/ou poéticos partindo de momentos-chave na produção artística moderna e contemporânea.










Enquanto no fim dos anos 60 artistas estão se isolando nos desertos norte-americanos, movendo enormes quantidades de terra com máquinas e milhares de dólares e questionando conceitos de paisagem, indústria, tempo, materialidade e valor, tratores e retroescavadeiras (provavelmente semelhantes às que Robert Smithson chamou de pincel de Robert Morris[7]) estão abrindo retas imensas em um território absolutamente úmido, onde não se vê o horizonte com os pés no chão, talvez nem mesmo três metros à frente, e, no entanto, é considerado infinito.









Criação e cuidado na mistura entre corpos vibráteis/materiais


jialu pombo


O entrelaçamento entre vida e morte do qual Lygia fala é o que tenho chamado pela expressão vulnerabilidade-força: há uma força presente em um embrião que carrega informação potencial de vida, e para que tal vida venha a existir, aquilo que a carrega precisa abrir mão de sua forma, atingir o ápice de sua vulnerabilidade, e se misturar para germinar outra coisa. Nessa passagem que se encontra o ato de criação, ela segue acontecendo de novo e de novo, sempre diferente.